pesquisa de conteudos
 
texto logotipo - AT
  Bandeira fina  
....     
     
 
   
       
 
Logotipo da DGAIEC
 
 
 
Início > Licenciamento > Produtos agrícolas > POSEIMA REA

POSEIMA - REA

Área de Informação Adicional

O Conselho das Comunidades Europeias adotou, pela Decisão n.º 91/315/CE, em 26 de junho de 1991, um programa de opções específicas para fazer face ao afastamento e à insularidade dos Açores e da Madeira denominado POSEIMA, que se integra na política da Comunidade a favor das regiões ultraperiféricas.

Entre outras medidas, este programa instituiu um Regime Específico de Abastecimento (REA) de determinados produtos agrícolas essenciais para o consumo humano e a transformação nas regiões ultraperiféricas.

O POSEIMA, na sua vertente abastecimento, caracteriza-se pela isenção dos direitos de importação para na importação direta para os Açores e Madeira dos produtos por ele abrangidos, quando originários de países terceiros, ou na concessão de uma ajuda, no caso do abastecimento ser efetuado a partir de países Comunitários.

A gestão do REA é efetuada com base na emissão de certificados de importação (para os abastecimentos diretos de países terceiros), certificados de ajuda (para os abastecimentos a partir de países da Comunidade e certificados de isenção (para os produtos não sujeitos à apresentação de um certificado de importação).

O objetivo é minorar o custo do afastamento e insularidade no abastecimento de produtos agrícolas essenciais não produzidos na Região.

Os benefícios resultantes têm o efeito prático na baixa do custo da importação, repercutindo-se assim no circuito importação/comercialização até ao consumidor final.

Decisão n.º 91/315/CE, do Conselho, de 26 de junho de 2001 – que institui um programa de opções específicas para fazer face ao afastamento e à insularidade da Madeira e dos Açores (POSEIMA);

Regulamento (UE) n.º 228/2013, do Parlamento Europeu e do Conselho, de 13 de março de 2013 - estabelece medidas específicas no domínio da agricultura a favor das regiões ultraperiféricas da União e revoga o Regulamento (CE) n.º 247/2006 do Conselho;

Regulamento Delegado (UE) n.º 179/2014 que complementa o Regulamento (UE) n.º 228/2013 do Parlamento Europeu e do Conselho no que respeita ao registo dos operadores, ao montante da ajuda a título de comercialização de produtos fora da região, ao símbolo gráfico, à isenção dos direitos de importação relativamente a determinados bovinos e ao financiamento de determinadas medidas relacionadas com as medidas específicas da agricultura nas regiões ultraperiféricas da União e que revoga o Regulamento (CE) 793/2006;

Regulamento Execução (UE) n.º 180/2014, da Comissão, de 20 de fevereiro de 2014 – estabelece as normas de execução do
Regulamento (UE) n.º 228/2013, do Parlamento Europeu e do Conselho que estabelece medidas específicas no domínio agrícola a favor das regiões ultraperiféricas da União.